segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Das coisas mais bonitas de você em mim

Não marquei no relógio o instante em que as estrelas começaram a cair.
Sei que te encarei por horas roubando teus olhos e guardando na lista das coisas mais lindas que já vi.

Segue entre elas: 

Teus olhos refletindo o universo.
A risada que quebra o meu silêncio.
Falar sem usar palavras.
Saber que você faz parte da minha solidão.
Ser também seu cheiro.


Então a chuva se abriu do lado de fora enquanto continuávamos fugitivos, contornando as pintinhas da sua pele, suspirando. Sabendo que eu até poderia querer, mas as estrelas só caem pela nossa distração. 

2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário